A Polícia Fedeal prendeu, na manhã de hoje (9), o vice-governador de Minas Gerais, Antonio Andrade (MDB), e os executivos da JBS, Joesley Batista, Ricardo Saud e Demilton de Castro.
Os agentes da PF apuram um suposto esquema de corrupção no Ministério da Agricultura no governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).
A operação, que é um desdobramento da Lava Jato, foi batizada de "Capitu" e é baseada na delação premiada do doleiro Lúcio Funaro - apontado como operador do MDB.

Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.