FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/

A cada dia descobrimos que a vida da população de Jaguarari não possui valor algum para o poder público. Parado desde o início de 2017, o equipamento utilizado para a realização de análise hematológica (exame de hemograma), no Laboratório Municipal, nunca funcionou pelo simples fato que a prefeitura de Jaguarari, através da secretaria municipal de saúde, que já teve Dr. Amilton, Cantídio Neto e Antônio Marcos como secretários, não quiseram ou não tiveram autonomia para adquirir um produto chamado de “sangue controle”, que na LAB HOUSE, uma empresa distribuidora de equipamentos e suprimentos laboratoriais e médico-hospitalares em Minas Gerais, custa apenas R$ 239,00, para a realização dos exames hemograma. Em contrapartida, durante meses a prefeitura jaguarariense terceirizou grande parte dos exames laboratoriais, tudo isso, claro, sob a “observação” do Conselho Municipal de Saúde.
Ainda assim, a saúde pública em Jaguarari é tida como prioridade pela atual administração?

Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.