O prefeito de Jaguarari, Sr. Everton Rocha (PSDB) terá, nesta sexta-feira (26), uma segunda oportunidade de provar, em depoimento, a sua inocência frente a acusação protocolada na Câmara onde é acusado de crime político-administrativo pela contratação e pagamento dos veículos Doblô e Montana. No último dia 19 o gestor faltou ao depoimento e apresentou atestado médico.
Em toda a região as perguntas, até o momento sem resposta são:
1. Se o prefeito Everton Rocha não é o autor do crime denunciado, por que faltaria ao depoimento?

2. Se deixar de comparecer ao depoimento, estaria o prefeito acusado fazendo jus ao ditado popular “quem não deve, não teme”?

Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.