Grupo armado tenta assaltar avião de transporte de valores no Aeroporto de Petrolina, PE

Iklan Semua Halaman

Grupo armado tenta assaltar avião de transporte de valores no Aeroporto de Petrolina, PE

Valtenei Santos
27 de setembro de 2019
Uma tentativa de assalto a um avião de transporte de valores foi registrada na tarde desta quinta-feira (26) no Aeroporto Internacional Senador Nilo Coelho, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, quatro pessoas armadas com fuzis e roupas camufladas romperam a cerca do aeroporto e entraram com o veículo no local. O piloto do avião, que estava transportando valores para um banco de Salvador, na Bahia, conseguiu fazer uma manobra e levantar voo.

Durante a ação, o grupo interceptou e atravessou um caminhão na BR-428, no sentido Lagoa Grande, cerca de 20 quilômetros de Petrolina. Eles atearam fogo no veículo.

Na entrada do povoado de Nova Descoberta, em Petrolina, o carro usado possivelmente na investida do avião de transporte de valores foi incendiado. O grupo também assaltou uma picape para seguir com a fuga. A suspeita é que eles tenham sequestrado o motorista do veículo.

Bloqueios e diligências foram montadas pela Polícia Militar em estradas dos municípios de Lagoa Grande, Santa Maria e Cabrobó, com objetivo de prender o grupo criminoso.

Em nota ao G1, a Infraero esclareceu que "no início da tarde desta quinta-feira (26), houve tentativa de assalto frustrada à aeronave de transporte de valores, com rompimento de barreira de segurança. Os assaltantes evadiram do local com o veículo utilizado para a ação. As Polícias Militar, Civil e Federal foram acionadas e compareceram imediatamente ao local. Os reparos na barreira danificada estão sendo realizados, com a previsão de conclusão até o final da tarde de hoje".

Nesta quinta-feira (26) completa um ano que uma quadrilha tentou assaltar um avião de transporte de valores no Sertão pernambucano. O caso aconteceu na pista de pouso do Aeroporto de Salgueiro. Na ação, seis homens foram mortos e um ficou ferido.


Por G1 Petrolina