Ads Top

Juazeiro: Mãe suspeita de matar filho afogado em lagoa comenta caso e depoimento é perturbador

polícia-civil-bahia
O depoimento de Marília Santos Silva, de 35 anos, suspeita de matar o próprio filho, de um ano de idade, afogado em uma lagoa em Juazeiro (BA), é um tanto perturbador. O caso aconteceu no final da manhã de ontem (20), próximo ao Residencial São Francisco. A Polícia Civil já confirmou que ela sofre de transtornos mentais, o que fica bem evidente em um vídeo que circula na internet que mostra a suspeita sendo questionada sobre o caso. (Não vamos divulgar as imagens).
Quando perguntado qual o nome do seu filho, Marília parece não saber e fica tentando lembrar. O nome da criança é João Evangelista Marques da Silva, nasceu em 6 de abril de 2018. Ela relata que estava andando com o bebê, escorregou e ele caiu. Marília também diz que estava com problemas de saúde, tomando remédio.
Quando questionada por que não voltou para salvar a criança, ela diz que estava andando e foi para casa. “Fiquei agoniada, sem saber para onde ir… eu tava caminhando com ele“, diz a mulher. O Blog vai procurar a Polícia Civil novamente para saber quais medidas serão adotadas neste caso.
Tecnologia do Blogger.