Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Jacobinense diz que passou quase 4 anos em cárcere privado em São Paulo


Na manhã desta segunda-feira, 22 de abril de 2019, no centro de Jacobina, uma mulher de 50 anos nos relatou que foi vítima de agressão e cárcere privado por 3 anos e 8 meses.
Em uma época em que muitas mulheres sofriam caladas, a cidadã que era jovem, disse que não encontrou forças nem na família, nem apoio da própria justiça para se libertar.
“Pedi ajuda para um irmão, mas, o mesmo se negou a mim ajudar e passei quase 4 anos trancada, sem poder sair de dentro de uma casa, sendo tratada como uma escrava. Ele, meu ex-marido acabou sofrendo um derrame, um AVC, e eu que era sua vítima fui obrigada pela justiça a lhe ajudar” disse a cidadã.
Em Jacobina as mulheres podem contar com apoia da Operação Ronda Maria da Penha da Polícia Militar, a Casa da Mulher Jacobinense e do CRAM – Centro de Referência de Atendimento à Mulher, que atende pelo (74) 3622-3488.
.
Fonte: Augusto Urgente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

 WHATSAPP