As 10h de hoje, sexta-feira (19), o prefeito Everton Carvalho Rocha (PSDB) dará depoimento aos membros da Comissão Processante da Câmara Municipal de Jaguarari, composta pelos vereadores Josimar Zuza, Franco Melo e Neném do Catuni, que estão responsáveis  pela investigação no processo onde o gestor é acusado de crime político-administrativo nas irregularidades na contratação e pagamento dos serviços de um veículo Doblô que nunca teria rodado, e depois o proprietário do veiculo teria substituído o Doblô por um Montana fora que consta na denúncia que o pagamento aconteceu através da transferência bancária entre a conta corrente da Sra Líbia Rocha, esposa de Lucas, controlador de contas e contratos e o dono do Montana. As demais testemunhas já foram ouvidos pela Comissão na última terça-feira (16).
A denúncia foi protocolada pelo ex-vice prefeito de Jaguarari, Alberto Nunes de Sá, que também já foi prefeito do município. A abertura da investigação contra o prefeito foi aprovada na Câmara por 11 votos a favor, 1 contra e 1 abstenção.
Na semana passada, Everton foi alvo de mais uma denuncia, desta vez o prefeito de Jaguarari é acusado de fraude licitatória. Em entrevista na radio local, o gestor municipal diz ser vitima de perseguição política e se sente tranquilo em ralação as denúncias, chegando inclusive a comprometer a imparcialidade da justiça.

Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.