Jaguarari Noticias sexta-feira, março 10, 2017
A 4ª seção do Tribunal Regional Federal da 4ª região, em Porto Alegre, rejeitou por unanimidade a queixa-crime do ex-presidente contra o juiz, por abuso de autoridade. Na ação contra o juiz da Lava-jato, Lula citava a condução coercitiva em uma das fases da operação para conceder depoimento à Polícia Federal.

Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.