Coligações em Jaguarari causam aglomerações na inauguração de seus comitês de campanha e são notificadas pelo Ministério Público -->

Iklan Semua Halaman

Coligações em Jaguarari causam aglomerações na inauguração de seus comitês de campanha e são notificadas pelo Ministério Público

Valtenei Santos
13 de outubro de 2020

 

No ultimo sábado (10), o Ministério Público da Bahia moveu representações contra as duas coligações no município de Jaguarari. Sendo a coligação “Jaguarari nas mãos do povo”, do candidato Everton Rocha PSDB, que busca a reeleição pela aglomeração de cerca de 3.000 (três mil pessoas) e a coligação “Jaguarari feliz de novo”, do candidato Antônio Ferreira do Nascimento – PT pela aglomeração de mais de 1.000 (mil pessoas). As representações movidas pelo MP contra as coligações teriam como objeto o descumprimento de vigilância sanitária no que diz respeito à aglomeração de pessoas durante a pandemia do Novo Coronavírus. 


Segundo consta nas representações, durante a inauguração do comitê do candidato a reeleição Everton Rocha, no dia 04 de outubro, teria um quantitativo de cerca de 3.000 (três mil) pessoas a pé seguindo um paredão, conforme contabilizado pela Polícia Militar.




Em contato com a assessoria da coligação “Jaguarari nas mãos do povo”, fomos informados que o convite feito à população e correligionários foi de uma carreata pelas principais avenidas do município e em seguida a inauguração do comitê de campanha. Ainda segundo a assessoria ao chegar ao local da inauguração o próprio candidato a prefeito Everton Rocha teria comunicado que não iria descer do trio e entrar no comitê por medida de segurança, em seguida solicitou a todos que fossem para suas casas. A caminhada realizada posteriormente com uso de paredão não teria qualquer participação da agremiação política e sim uma legitima manifestação popular. 


Já no caso da inauguração do comitê do PT ocorrido no dia 27 de setembro, o Ministério Público aponta que houve a reunião de mais de 1.000 (mil) pessoas, onde o candidato fez uso da palavra, conforme relatos da Polícia Militar, também descumprindo as normas sanitárias no que diz respeito à aglomeração de pessoas. 


Em contato com a coligação “Jaguarari Feliz de Novo”, fomos informados que o comitê eleitoral foi notificado dia 09/10, na sexta-feira, pela Promotoria/Justiça Eleitoral e que a assessoria jurídica substabelecida e constituída pela Campanha 2020, em conjunto com a Coordenação Política Eleitoral 2020, estarão efetivando avaliação da referida notificação, com perspectivas de abertura do diálogo direto com a Promotora de Justiça de Jaguarari a Dra. Andréa Ariadna Santos Correia.