Ads Top

Jaguarari: Homem que matou desafeto com golpes de faca foi condenado a 16 anos de prisão pelo júri popular


O Tribunal do Júri, em Jaguarari, esteve reunido durante esta quinta-feira, 28, para julgar o réu, Alison Santiago Santana, acusado de matar Valmir Batista da Silva. Alison foi condenado há 16 anos de prisão e vai cumprir pena no presídio de Juazeiro.

Relembre o caso:

No dia 15 de julho de 2017, por volta das 23 horas na Rua da Arara, Distrito de Flamengo, Jaguarari/BA, ALISSON SANTIAGO SANTANA, com vontade livre e consciente dirigida ao resultado morte, desferiu golpes de arma branca contra Valmir Batista da Silva, por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima, causa eficiente de óbito da vítima, conforme laudo de necropsia as fls. 09/10.

Segundo apurado no dia e local do fato, por volta das 21 horas, a vítima frequentara o Bar da Mônica, onde ingeriu bebida alcoólica e, determinado momento, esbarrou sem intenção na cadeira de rodas de Anderson, irmão do denunciado;

Incontinenti, pediu-lhe desculpas. Contudo, o denunciado aborreceu-se com o ocorrido e, por tal motivo desproporcional, engedrou plano criminoso que terminou por ceifar a vida de Valmir.

Ao vislumbrar que a vítima saíra do recinto em estado de embriaguez e auxiliado por Gilberto Ferreira Ramos, por volta da 23horas, ALISSON SANTIAGO SANTANA, manteve manteve-se escondido, à espreita, na via pública. Instantes após aproximou-se de Valmir e, pelas costas mediante surpresa, desferiu o primeiro golpe com uma faca. Ato contínuo Alison, efetuou 06 (seis) outros golpes com arma branca, as quais resultaram em hemorragia interna e consequente óbito da vítima, conforme laudo de exame de necropsia folha 09/10.

Fonte: Blog do Walterley Kuhin e Jus Brasil
Tecnologia do Blogger.