Ads Top

Na Bahia, homem com problemas mentais é morto por PMs; vídeo mostra disparos

csm_1homem_morto_em_conde_foto_reproducao1_7e9375e5f2
Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que policiais militares atiram contra um homem no município de Conde, Litoral Norte da Bahia. De acordo com testemunhas, a vítima, que morreu após ser levada para o Hospital Municipal, estava armada com uma faca do tipo peixeira e ameaçava transeuntes nas proximidades da Praça Severino Viana. A assessoria da PM confirmou a versão e informou que a Corregedoria vai apurar a conduta dos policiais.
Ao CORREIO, moradores contaram que o homem negro, que tinha problemas mentais e aparentava ter 40 anos de idade, seria um andarilho, que não morava na cidade, e foi abordado por policiais militares após fazer ameaças a diversas pessoas no Centro do município.
Outros vídeos mostram policiais e pessoas com trajes civis tentando uma negociação com a vítima, que carregava, além da faca, uma sacola branca.
Na gravação principal, a vítima é cercada pelos policiais em um campo aberto, sem oferecer perigo a nenhum civil, onde são registrados os tiros. Os primeiros disparos são feitos com arma não letal, mas a vítima corre desnorteada para cima dos PMs, e acaba sendo atingida por disparos de arma de fogo. Assista.
Versão da PM
Em nota, a assessoria da Polícia Militar afirma que na manhã desta segunda-feira (30), por volta das 8h30, policiais militares da 51ª CIPM/Conde foram acionados por um morador que dizia que um homem portando uma arma branca, tipo peixeira, estava ameaçando moradores.
O mesmo homem que fez a denúncia afirmou que na sexta-feira (27) o agressor já havia invadido sua residência e tentou matar ele, sua esposa e ainda uma outra pessoa, conforme registrado em boletim de ocorrência.
Ao chegar no local, os policiais deram a ordem para que o indivíduo largasse a faca. Em seguida, o homem teria ido em direção a um dos PMs, ferindo-lhe com a arma branca. Ainda segundo a corporação, antes dos disparos, os policiais tentaram imobilizá-lo com meios não letais, como o gás espargidor e bala de borracha. Ainda assim, de acordo com a polícia, o homem continuou agressivo, o que motivou os tiros.
Ainda de acordo com o comunicado, o caso será apurado pela Corregedoria da instituição. Os vídeos sobre o ocorrido serão anexados ao Inquérito Policial Militar (IPM). A ocorrência foi registrada na delegacia territorial do município do Conde.
*Com supervisão do editor João Galdea.
Tecnologia do Blogger.