Ads Top

Jaguarari: CESOL Sertão do São Francisco Conhece Iniciativas Produtivas Em Pilar

Na última quinta-feira, 25, a Coordenação Geral e equipe técnica do Centro Público de Economia Solidária do Sertão do São Francisco (CESOL SSF) visitaram quatro grupos produtivos do Distrito de Pilar, em Jaguarari, norte da Bahia.

A equipe visitou o Grupo Atelier do Fulô (no Centro de Pilar), que produz artesanatos; conheceu a panificadora do Grupo Flor de Mandacaru (Doces e Pães) na localidade Suçuarana,  conheceu o projeto Oficina do Couro que fabricam, com auxílio de uma designer, uma variedade de calçados, vestimentas e acessórios em couro, localizado na Fazenda Santa Maria, e ao final do dia, a equipe conheceu a Cooperativa Mãos do Campo, que produz queijos finos a partir do leite de Cabra, e está localizada na Comunidade da Adutora.
A visita ocorreu após alinhamento da ADESBA – Associação de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável e Solidário do Estado da Bahia, Organização Social que gere o Centro Público no Território Sertão do São Francisco, e a equipe Socioambiental da Mineração Caraíbas, juntamente com representantes de Associações e Cooperativas dos municípios de Juazeiro, Curaçá e Jaguarari, que estão dentro da área de influência da Mineradora.

No encontro, a coordenadora geral do CESOL SSF, Aline Craveiro se mostrou animada com o potencial dos grupos visitados e apresentou as ações e atividades desenvolvidas pelo Programa, destacando o que o CESOL pode oferecer importante apoio para o fortalecimento dos empreendimentos.

“Essa visita é o início de uma importante parceria, no sentido de assessorar os grupos, com intuito para melhorar a gestão e viabilidade econômica, e atender os empreendimentos, de forma que possibilite a inserção dos produtos no mercado regional, proporcionando geração de ocupação, renda e qualidade de vida para as famílias”, destacou Aline. 

A visita foi acompanhada pelo o Presidente da ADESBA, Romário Meira, pela consultora do Programa Sustentabilidade Rural da Mineração, Maria do Carmo Brito, a Analista de Meio Ambiente Uandilei Gonçalves e o técnico da mineração Hércules Martins.

Para os próximos encontros serão destinados o desenvolvimento do Estudo de Viabilidade Econômica dos Empreendimentos, preenchimento de CAD, e orientações gerenciais, sócio-produtivas e de comercialização feitos pela equipe do CESOL.

Sobre o CESOL – Os Centros Públicos de Economia Solidária (CESOL) fazem parte da política da Secretaria Nacional de Economia Solidária e, das ações do Programa Vida Melhor do Governo do Estado, executado pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE), por meio da Superintendência de Economia Solidária (SESOL),  com objetivo prestar assessoria técnica a seguimentos solidários. Como exemplos:  associações, cooperativas, grupos comunitários em agricultura familiar, artesanato, entre outros que sejam produzidos e comercializados coletivamente.
O Centro Público de Economia Solidária – CESOL Sertão do São Francisco, com sede na cidade Juazeiro, BA desenvolve atividades em dez municípios que compõem o Território. Além de Juazeiro, o Cesol atende os municípios de: Curaçá, Uauá, Canudos, Sobradinho, Casa Nova, Remanso Sento Sé e Campo Alegre de Lourdes.
Tecnologia do Blogger.