Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Mais de 200 pessoas descobriram que têm DSTs durante o Carnaval de Salvador

Entre os quase 11 mil exames realizados durante o Carnaval de Salvador, foram registrados 249 casos positivos para doenças sexualmente transmissíveis. A sífilis representa a maior parte dos resultados, com 206 ocorrências, seguida pelos casos de HIV/Aids, que foram 26, e hepatites, que foram 17. O balanço foi divulgado ontem (6) pela Secretaria Municipal da Saúde.
Em comparação com os registros de 2018, a maior queda foi registrada nos casos de HIV, de 48%. Também houve redução de 26% nas ocorrências das hepatites. Já o número de casos de sífilis se manteve estável.
Cerca de 3 mil pessoas fizeram os testes nas unidades municipais que funcionaram no Multicentro Carlos Gomes, no Circuito Osmar, e em um módulo montado exclusivamente para estratégia na Rua Dias D'Vila, próximo ao Farol da Barra, no Circuito Dodô.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

 WHATSAPP