A eleição para escolha do presidente da Câmara de Vereadores de Jaguarari, biênio 2019 e 2020 acontecerá nesta quinta-feira (07).

 Apenas os vereadores Nenê do Catuni (PSD), e o atual presidente, Márcio Gomes (PSDB), colocaram seus nomes para avaliação dos colegas vereadores.

 Eleito pela segunda vez, essa é a primeira vez que Nenê do Catuni disputará uma eleição visando o maior posto do Legislativo.

Nenê do Catuni é policial militar e decidiu disputar a presidência com objetivo de moralizar o poder Legislativo, que depois dos episódios que resultaram na cassação do mandato do prefeito, Everton Rocha, e com as denúncias de possível desvio de recursos (esquema envolvendo funcionária de uma empresa de telefonia), e pagamento de salários a funcionários fantasmas na atual gestão, que inclusive está sendo alvo de investigação pelo Ministério Público, alguns vereadores decidiram apostar no trabalho do vereador Nenê do Catuni, que promete uma nova filosofia de trabalho “o recurso que a casa recebe mensalmente é para ser investido no Legislativo, então temos que fazer um trabalho de conservação da estrutura do legislativo, valorizando nossos funcionários, e oferecendo condições de trabalho para todos os vereadores, nós somos representantes do povo, e quando qualquer vereador se comporta de forma imoral, recai sobre o município, e nós temos obrigação de zelar pelo nome do nosso município, que diante dos acontecimentos dos últimos meses, nada trouxe de positivo para o nosso povo, muito pelo contrário, só manchou o nome de nossa querida cidade” disse Nenê do Catuni.

 Já o vereador Márcio Gomes, foi eleito vereador pela primeira vez, e conseguiu chegar à presidência com apoio do ex-prefeito, Everton Rocha (PSDB), que terminou sendo cassado.

 Depois de várias reuniões, o vereador Nenê do Catuni conseguiu compor a chapa com Paulinho Morgado (vice), Lourival (primeiro secretário) e Dourival Borges (segundo secretário).

A equipe do Ivansilvanoticia não conseguiu falar com o presidente Márcio Gomes, mas fomos informados que a chapa estaria composta da seguinte forma: Márcio Gomes, Josimar Zuza, Willam Roger e Franco Mello.

 A câmara de Jaguarari é composta por 13 vereadores, informações que hoje os dois candidatos teriam cada um, seis votos, o único vereador que ainda não teria decidido em quem votar, seria o vereador, Marco Quito (PV).

A grande expectativa da população de Jaguarari é para saber em quem Marco Quito votará:  do Lado de Márcio Gomes ou de Nenê do Catuni?

Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.