Uma reunião feita em fevereiro determinou o fechamento de 513 agências e a demissão de 5.300 funcionários dos Correios nos próximos meses. A medida foi aprovada em reunião da diretoria em fevereiro e é mantida em sigilo pela empresa. A informação é da Coluna do Estadão.
O ex-presidente dos Correios Guilherme Campos justificou que serão fechadas agências próprias que ficam muito próximas de outras operadas por agentes privados. A economia anual esperada com o fechamento das agências somada às demissões é calculada em R$ 190 milhões.

Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.