A vida de um funcionário deveria ser tratada com prioridade, independentemente de ser em uma empresa pública ou privada, mas para a prefeitura de Jaguarari isso não parece haver qualquer importância. No ano de 2017, o Jaguarari Online denunciou a forma criminosa em que o lixo hospitalar estava sendo descartado pela prefeitura de Jaguarari, assim como a forma perigosa de coleta e transporte já havia sido pautada no Conselho Municipal de Saúde.
Dias após a denúncia, a empresa SANAR foi contratada para a realização da coleta, transporte e descarte dos resíduos coletados no Hospital Municipal e Postos de Saúde. No entanto, a situação continua igual ou pior, pois a empresa contratada e, ao que parece, não fiscalizada pelos órgãos competentes da prefeitura de Jaguarari, além de coletar de forma perigosa, onde o funcionário do município, ao invés da empresa, coleta o lixo sem máscara e com luvas inadequadas; o transporte continua sendo em transporte aberto e da prefeitura, o que deveria ser da própria prefeitura de Jaguarari 
De acordo com as características da forma em que são transportados, os resíduos continuam sendo incinerados da mesma forma em que ano passado foi alvo de denúncia, o que continua a contaminar o meio ambiente e colocando em risco a saúde do ecossistema.

Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.