O presidente da Câmara, Márcio Gomes, os vereadores: Louri da Barrinha, Nenen do Catuni, Val do Jacunã, Franco Melo, Dourival Borges, Willian Rogers, Josimar e Reges do Joel juntamente com a diretoria da Associação Comercial, comerciantes, funcionários públicos e aposentados realizaram reunião no final da tarde desta terça-feira (7.11) visando fortalecer a parceria para evitar que a agência do Banco do Brasil desista de continuar operando na sede do município de Jaguarari (agência foi explodida no dia 2.10 por bandidos).
Pela manhã, a diretoria reuniu-se com parte dos vereadores no gabinete do presidente Márcio Gomes em busca de apoio, mas logo em seguida foram surpreendidos com a informação de que o prefeito Everton Rocha (PSDB) estava prestes a publicar uma Licitação para atrair para a sede, outra instituição bancária em substituição ao Banco do Brasil. Surpresos, os membros da ACIAJ dirigiram-se ao gabinete do prefeito em busca de explicações plausíveis já que outrora o chefe do executivo frisou a importância da parceria entre prefeitura e entidade. Após uma longa discussão, o gestor público decidiu suspender a publicação do edital de licitação, concedendo um prazo de 15 dias para que o BB manifeste interesse de continuar operando ou não aqui na sede.
Decerto, providências precisam ser tomadas no intuito de resolver o mais breve possível a inoperância do Banco do Brasil, pois todos que dependem da agência em tela estão prejudicados, sendo os idosos (aposentados) os mais afetados.



Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.