A vereadora, Thainara Faria, de Araraquara se recusou a ler um trecho da Bílbia na abertura de uma das sessões da Câmara, como determina o regimento da Casa, e causou polêmica entre os colegas.

Thainara Faria (PT) disse que é católica, mas que o Estado é laico pela Constituição e que os poderes devem ser neutros com relação às religiões. "A vereadora tem que representar o povo. Eu não posso colocar meus interesses particulares e pessoais de religião no ambiente político, isso é um erro", afirmou em seu discurso.

Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.