Os impactos da seca que refletem severamente no estado da Bahia foi pauta de reunião na manhã desta quarta-feira (1º), na Secretaria de Infraestrutura Hídirca e Saneamento (Sihs), entre gestores.

Durante o encontro, foi discutida ainda a possibilidade de incluir a abertura de poços e implementação de sistemas simplificados de abastecimento de água. Isso facilitará a possibilidade de convênios estabelecidos entre o Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) e os movimentos sociais que já possuem recursos dentro do Programa Cisternas do Governo Federal.

Na reunião ficou decidido que a Bahia precisa de um novo modelo de irrigação. A proposta é criar um grupo de trabalho com a finalidade de estudar novas soluções tecnológicas e eficientes para áreas irrigadas, evitando o conflito pelo uso da água em regiões importantes a exemplo de Ponto Novo, Catolé, Pindobaçu, Utinga, entre outros.

A Cerb e a Embasa se comprometeram a atuar em conjunto, colocando corpo técnico e equipamentos à disposição para acelerar a perfuração de poços.

Hoje existem 12 perfuratrizes para esta finalidade e outras sete deverão entrar em funcionamento, totalizando 19 equipamentos alocados.

Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.