Jaguarari Noticias sábado, novembro 12, 2016
345 pessoas foram identificadas como suspeitas de receberem irregularmente o benefício do Bolsa Família no município de Jaguarari. O levantamento, divulgado na manhã desta sexta-feira (11), foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF) entre o período de 2013 e maio de 2016.

Ainda de acordo com o projeto Raio-X do Bolsa Família, durante o período avaliado foram pagos pelo programa em Jaguarari R$ 24.226.694,00 e, dentro desse valor, R$1.252.997,00 foram repassados a perfis de beneficiários suspeitos. 

O diagnóstico apontou grupos de beneficiários com indicativos de renda incompatíveis com o perfil de pobreza ou extrema pobreza exigido pelas normas do programa. Os perfis suspeitos foram classificados em cinco grupos: falecidos, servidores públicos com familiar de até quatro pessoas, empresários, doadores de campanha e servidores doadores de campanha.

Entre os beneficiários do Bolsa Família suspeitos no município, 214 são servidores públicos com familiar de até quatro pessoas, também foi identificado que 126 são empresários, 3 doadores e 2 falecidos. Com o percentual de recursos pagos a perfis suspeitos de 5,17%, Jaguarari esta na posição 166 no Rank estadual.

Uauá e todos os municípios  da região de Senhor do Bonfim, foi identificado beneficiários suspeitos, Campo Formoso foi a cidade com mais pessoas com suspeita de irregularidade no programa do Governo Federal. veja abaixo.

Antônio Gonçalves foi o município com menas pessoas em situação suspeita com 153 beneficiários, confira abaixo.

O MPF expediu recomendações a 4.703 prefeituras para que realizem visitas domiciliares a mais de 870 mil beneficiários do programa Bolsa Família suspeitos de não cumprir os requisitos econômicos estabelecidos pelo governo federal para recebimento do benefício.

Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.