Após reassumir a prefeitura de Jaguarari, aonde esteve afastado por alguns meses depois de ter sido cassado pela Câmara, e retornado via justiça, o prefeito Everton Rocha, tornou público na última semana, o valor que o vice-prefeito, Fabrício do Pilar, pagou a um posto de gasolina dias antes de deixar o cargo.

Segundo dados do portal oficial da prefeitura, a maioria das notas, no total 38, foram empenhadas no mês de junho, e todas as notas foram pagas no mês de outubro, aonde em apenas seis dias o vice-prefeito que estava responsável pelo município teria pago pela compra de combustível o valor de R$ 721.855,68 (setecentos e vinte um mil oitocentos e cinquenta cinco reais e sessenta oito centavos)

Confira os dias e o total de notas que foram pagas:
Dia 22/10 – 3 notas
Dia 26/10 – 11 notas
Dia 19/10 – 10 notas
Dia 05/10 – 2 notas
Dia 04/10 – 2 notas
Dia 03/10 – 10 notas.

Em contato com a gestão passada, recebemos a informação que os gastos são compatíveis com a frota de veículos e com os serviços prestados em prol do município, que durante a gestão, carros que não rodavam foram consertados, e além disso, existia débito da última quinzena de setembro, e além da frota do município, carros solicitados para ficar a disposição da justiça no dia da eleição, também foram abastecidos em outubro.

Ainda como justificativa, recebemos a informação que além das viagens que os pacientes do TFD fazem para Salvador, tem também as viagens para Juazeiro, e trabalhos das máquinas pesadas.

Também fomos informados que um relatório com detalhamento das despesas será feito, e entregue aos outros fiscalizadores.

Fonte: IvanSilvaNoticia

Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.