A Câmara Municipal de Jaguarari aprovou nesta quinta-feira (30) por 11 votos a 1 a abertura de Comissão Parlamentar Processante para investigar as denúncias de improbidade contra o prefeito Everton Rocha (PSDB). De acordo com informações do Correio, com 11 meses à frente da gestão, Everton pode se tornar o mais rápido prefeito cassado por impeachment no estado. Caso a situação ocorra, seu lugar será ocupado pelo vice, Fabrício D’Agostinho (DEM). O Bahia Notícias entrou em contato com a Cãmara da cidade nesta sexta (1) mas não havia nenhum vereador na casa disponível para responder nossos questionamentos.

Fonte: Bahia Notícias 

Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.