FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/

O secretário de educação de Jaguarari, Juraleson Leite, “convocou” os servidores da educação para irem à Câmara alegando suposta aprovação do orçamento do município. Curiosamente até então não havia sido divulgada a pauta, como poderia o prefeito "convidar" os funcionários com tal justificativa? Juraleson justifica que as “grandes” dificuldades que estão passando, hoje, é em virtude do orçamento. Ainda de acordo com o áudio enviado aos funcionários da educação, a convocação foi feita pelo prefeito Everton Rocha (PSDB).
Everton Rocha, que se encontrava em Brasília, deveria, ao invés de usar os funcionários, especialmente os contratados e comissionados, valorizar o trabalho destas categorias com melhores salários, ao invés de usá-los com objetivos ocultos.
Estaria, o prefeito municipal, taxando os vereadores de irresponsáveis a ponto de só aprovarem o orçamento suficiente para o bom andamento do município na base da pressão?
Seriam, os vereadores, na visão do prefeito Everton Rocha, irresponsáveis, despreparados?
Além de funcionários contratados da educação, outros funcionários de outras secretarias também receberam a mesma instrução: ir à Câmara pressionar os vereadores.
O prefeito Everton Rocha está temendo o quê?
Teria o prefeito cometido alguma irregularidade a ponto de está prevendo ser punido pelo Poder Legislativo?
Quem não deve, não teme, não é verdade?




Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.