x
















O Jaguarari Online teve acesso exclusivo ao relatório da controladoria interna da prefeitura de Jaguarari, gestão do prefeito Everton Rocha (PSDB). Os principais pontos identificados são:
1. Rombo nas contas do município até o mês de setembro alcançou o valor de R$ 2.175.145,24 (dois milhões, cento e setenta e cinco mil, cento e quarenta e cinco reais e vinte e quatro centavos), há muito tempo o município vem operando em deficit orçamentário e o controlador avisa e recomenda que o prefeito limite a movimentaçao bancária e a produção de empenhos;
2. Apesar de o Município ter contratado o sistema de Controle de Compras não há registros de controle de entrada e saída de bens de consumo
3. Despesas com combustível não há um mapa de viagem nem registo da quilometragem, quantidade de litros de combustível abastecido, destino, objeto da viagem e nome do condutor;
4. Pagamento, no mês de setembro no valor de R$ 471.304,11 (quatrocentos e setenta e um mil, trezentos e quatro reais e onze centavos) a empresa RGB – transportes e locações, empresa que administra o transporte;
5. Pagamento no valor de R$ 745.330,52 (setecentos e quarenta e cinco mil, trezentos e trinta reais e cinquenta e dois centavos), a funcionário admitidos sem concurso público ou processo simplificado, conforme orientação da legislação;


6. Índice de despesa com pessoal atingiu 65,01% (levando-se em conta a média dos últimos 12 meses) resultado de contratações indiscriminadas, salientamos que o gasto com pessoal não deve ultrapassar o limite máximo de 54%.
Fonte: E-TCM 

Postar um comentário

FBbox/https://www.facebook.com/JaguarariNoticias1/
Tecnologia do Blogger.